20 de maio de 2015

Espiritualidade - Aqui se faz, aqui se paga

Eu sempre senti na pele a verdade contida nesse ditado: "aqui se faz, aqui se paga". Acho que como um lembrete para que eu me mantenha no caminho correto. Algo que me diz que se eu me desviar do caminho, sofrerei as consequências rapidamente!

Pois bem, um dos episódios que isso se mostrou a mim, foi em 2009 (acho que foi o mais recente).

Estava saindo do trabalho, de carro, e indo pra casa. Logo após o meu local de trabalho, havia um cruzamento que costumava ter bastante acidente de trânsito. Pura falta de atenção. E o que aconteceu comigo foi isso: estava trafegando normalmente quando um carro dirigido por uma mulher não freiou a tempo e colidiu com a traseira do meu carro. Meu carro rodou pela pista e parou! Não aconteceu nada comigo. Nem com ela. Apenas danos materiais.



Nós descemos do carro e ela assumiu a culpa. Após ligar para o seu pai, em instantes ele estava lá, resolvendo a situação. Disse que eu poderia ir na oficina de confiança dele ou na minha, o que preferisse.

Na mesma tarde, fui à oficina que ele indicou. O orçamento deu R$ 2.000,00. Teria que trocar e pintar a porta traseira. Trocar a ponta do eixo traseiro (que empenou) e mais uns servicinhos que eu não lembro agora.

Fui na minha oficina e ele me disse que não precisaria trocar a porta, que dava pra ajeitar. As outras coisas precisariam ser trocadas... E que ele faria o serviço por R$ 600,00.

Eu, dando uma de esperto, já que estava "P" da vida pelo ocorrido, e pra "ensinar" praquela mulher deixar de ser desatenta, propus que ele cobrasse R$ 1.800,00 pro pai da mulher, que eu pagaria a metade pra ele. O cara topou.

Liguei pro pai da mulher e contei o quanto foi o orçamento na minha oficina. Ele foi lá e pagou os R$ 1.800,00. Eu fiquei com a metade e ele com a metade.

- "Abestada" - pensava eu - "essa é pra tu aprender a dirigir!!!"

E saí feliz da vida, pensando em ter feito uma grande coisa...

Pouco tempo depois, chegaram 3 multas na minha casa. Sim! 3 de uma vez!


As 3 multas foram aplicadas no mesmo local. Duas delas, no mesmo dia e horário, com cerca de 5 minutos de diferença. E a outra, no mesmo local (!), mas 1 ou 2 dias depois.

- "Tão me roubando! Eu só passei por ali uma vez. Impossível o guarda me multar 3 vezes!!!! Isso é um absurdo!!!"

O valor das multas era de pouco mais de R$ 1.200,00. Na mesma hora, deu aquele "estalo".

"Eu também roubei aquela mulher. Fui desonesto com ela. Ela pagou a mais pelo erro que cometeu".

Aceitei essas multas. Não pelas supostas infrações no trânsito, que cometi. Mas pela infração que cometi contra aquela mulher, ao "dar uma de esperto pra cima dela".

De lá pra cá, tenho me mantido no caminho da honestidade e da retidão.

Paz a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário