30 de junho de 2015

Estamos vivendo em um holograma criado por aliens

Post Original: We Are Living In A Hologram Designed By Aliens, Says NASA Scientist
Por MessageToEagle
Tradução: Visão & Consciência

Quem disse que não há cientistas de mente aberta na NASA?

Um cientista da NASA sugere que você está vivendo em um holograma criado por espécies de aliens avançadas.

E se tudo que você fez ou fará for simplesmente produto de um código de computador altamente avançado? Cada relação, cada sentimento, cada memória pode ser gerado por supercomputadores.



Esta foi a teoria intrigante, proposta primeiramente por Nick Bostrom, Professor na Faculdade de Filosofia da Oxford University e Diretor Fundador do Instituto do Futuro da Humanidade e do Programa sobre Impactos das Futuras Tecnologias, na Oxford Martin School. Há muitos cientistas que ratificam esta teoria.

MessageToEagle.com postou anteriormente como Rich Terrile, diretor do Centro de Computação Evolucionária e Design Automatizado do Jet Propulsion Laboratory (JPL/NASA), sugeriu que nosso criador é um programador de computador cósmico.

Isto pode implicar que nós estamos vivendo em um mundo holográfico e tudo a nossa volta, incluindo nós mesmos, não é "real". Rich Terrile, ainda sustenta sua opinião:
Atualmente, os computadores mais rápidos da NASA estão afastados em cerca de duas vezes a velocidade do cérebro humano.

Se você fizer um simples cálculo, usando a Lei de Moore (que afirma que computadores duplicam sua capacidade de processamento a cada 2 anos), você verá que estes supercomputadores, dentro de uma década, terão a habilidade para processar toda a história de um vida humana de 80 anos - incluindo cada pensamento durante esse tempo - em um intervalo de 1 mês.

Na mecânica quântica, partículas não tem um estado definido, a mesmo que elas sejam observadas.

Muitos teóricos têm passado muito tempo tentando explicar isso.

Uma explicação é que nós estamos vivendo em uma simulação, vendo o que e quando precisamos ver.
O que eu acho inspirator é que, mesmo se nós estivermos em uma simulação ou em muitos níveis abaixo de uma simulação, em algum lugar ao longo desse curso, algo escapou do 'lodo primordial' para resultar em nós e resultar em simulações que nos fez - e isso é legal."

A ideia que nosso Universo é uma ficção gerada por códigos de computador resolve um grande número de inconsistências e mistérios sobre o cosmos, como por exemplo, nossa dúvida sobre vida extraterrestre e o mistério da matéria escura.

De qualquer forma, ainda há aqueles que acham que a teoria da Matrix é falha. "A teoria aparenta basear-se no pressuposto que 'supermentes' iriam fazer as coisas da mesma maneira que nós faríamos", disse Professor Peter Millican, que ensina Filosofia e Ciências da Computação na Oxford University.

Se eles pensam que este mundo é uma simulação, então porque eles pensam que supermentes - que estão fora da simulação - se restringiriam pelos mesmos penamentos e métodos que nós?

Eles assumem que a estrutura final de um mundo real não pode ser como uma grade (grid), e também que as supermentes teriam que implementar um mundo virtual usando grids.

Nós não podemos concluir que uma estrutura de grid é evidência de uma realidade "falsa" só porque nossa forma de implementar uma realidade "falsa" envolve grid
De qualquer forma, Professor Millican não acredita que valha a pena investigar essa ideia.
É uma ideia interessante, e é saudável ter algumas ideias malucas

Você não tem que censurar ideias baseado se ela parece provável ou não, porque algumas vezes, novos e importantes avanços parecem malucos no começo.

Você nunca sabe quando boas ideias podem surgir pensando fora da caixa"

Este experimento-pensamento sobre a Matriz, atualmente, é um pouco como algumas ideias de Descartes e Berkeley, centenas de anos atrás. "Mesmo se acabar em nada, o fato de você ter o hábito de pensar coisas malucas poderia significar que, em algum momento, você vai pensar em algo que, inicialmente pode parecer um pouco fora da faixa, mas pode não ser tão maluco assim."

E você? O que acha?

Nenhum comentário:

Postar um comentário