29 de março de 2016

Projeção Astral intrigante

Olá a todos!

Compartilho com vocês uma experiência intrigante que tive.

Sabe quando você está navegando pelas estações de rádio, à procura de algo interessante pra ouvir e, por um girar mais forte no dial, você para justamente numa estação de rádio, bem na hora que a música fala uma palavra que você não queria ouvir?

Ou quando todos estão conversando e você vai falar uma palavra desagradável e, misteriosamente, todos se calam e só você fala... Justamente a palavra?

Pois é. A situação que passei se assemelha a isso.

Estava meditando há quase 20 minutos sobre a origem do meu mau-humor e consegui me desprender do corpo. Consegui uma projeção astral. Sim, eu consigo. Porém não quanto, quando e como eu gostaria. Nem todas as vezes eu consigo. Eu acho que até sei a causa - e me porei a meditar sobre ela.

Ao sair do corpo, fiz uma subida rápida ao espaço. Quase que instantaneamente. Porém, ao chegar lá em cima, não foi como da outra vez, que eu vi luzes. Eu simplesmente não vi nada. Não ouvi nada. Não sentia nada.


Na verdade, senti uma enorme solidão. Ou melhor, uma grande exclusão. Me senti em um lugar em que fui excluído de tudo e de todos. Uma espécie de prisão espaço-temporal. Não senti a presença de nada, de ninguém. Nem mesmo a presença de Deus. Foi algo intrigante e assustador. Era como se eu tivesse ido pro NADA. 

Em meio a esse nada, só consegui falar "- Meu Deus..." e fui rapidamente trazido à Terra. Ao meu corpo. E quando cheguei, sabe qual foi a sensação que tive? Não foi de medo. Não foi de tristeza. Não foi de sofrimento.

Senti uma alegria profunda. Uma paz interior. Uma felicidade imensa. Pois sentia a PRESENÇA: das pessoas, da luz, do calor, de Deus.

Acho que girei o dial um pouco rápido demais e acabei sintonizando uma estação inusitada. Ou talvez o astral estivesse "em manutenção" e eu não vi os avisos de "não praticar projeção astral nos próximos minutos".

O bom disso tudo é a lição que ficou. Mesmo com uma experiência ruim - ainda que breve - é possível ter bons sentimentos.

Paz a todos!

18 de março de 2016

A Grande Limpeza Interior - Primeiros Passos

Olá a todos!

Quero compartilhar as primeiras interpretações dos primeiros passos da minha Grande Limpeza Interior.

A PREPARAÇÃO
Esses "primeiros passos" consistiram em três meditações de aproximadamente 20 minutos cada, ao longo dessa última semana. Meditei no meu próprio quarto, sentado contra a parede, apoiado num travesseiro.

Para um estado relaxado, contei de 20 até 1, com inspirações e expirações longas e limpando da mente todas as impressões do ambiente que me circundava.

Enquanto fazia isso, sentia que estava viajando para o meu passado, como um mero expectador.


MEMÓRIAS
A primeira sensação que tive foi que eu sempre fui... Deixa eu pensar na palavra certa... Eu nunca fui tão insistente nos meus pontos de vista. Não achei uma palavra que pudesse descrever isso. 

Explico: eu não era de defender minhas opiniões, meus pontos de vista. Sempre achei que "o tempo mostraria" o que EU deveria mostrar.


Por conta disso, acredito, vivi como um barco à deriva, sendo conduzido pela correnteza no mar da vida. Embora soubesse que essa correnteza me levaria a bons lugares, por diversas vezes senti que não tinha controle sobre essa navegação... Deu pra entender?

Em outras palavras, eu não me esforçava para me fazer entender. Não participava ativamente de algumas coisas, por inabilidade em defender meu ponto de vista, por achar que "o tempo mostraria que eu estava certo" ou por não crer no meu papel ativo na transformação das coisas.

Quanto mais eu meditava sobre isso, mais me deparava com situações como essas: com meus irmãos, com minhas ex-namoradas, no lado profissional.

INTERPRETAÇÕES
Ao despertar da meditação, pude ver que deixei em segundo plano o meu papel ativo na construção da realidade em que quero viver. E me lembrei de alguns poucos episódios em que minha participação ativa me conduziu efetivamente a uma realidade melhor.

Percebi que "o tempo mostraria que eu estava certo", mas eu também tenho o papel fundamental nisso. Que deveria ter sido mais persistente nas minhas opiniões. Não que eu mudava de opinião por não defendê-las a contento, mas simplesmente não insistia em me fazer entendido.

Conclui também que não devo insistir incessantemente para que os outros aceitem, acatem e entendam minha opinião. Pensei que tenho que encontrar "o caminho do meio" e perceber quando a insistência pode levar a algo positivo, evitando desistir de algo frutífero ou insistir em algo infrutífero.

Me lembrei de várias circunstâncias em que eu insisto com minhas filhas, ao invés de simplesmente desistir de "duelar com as palavras" e arbitrariamente impor minha decisão ou aceitar as delas. É aquela coisa do "sim", "não", "sim", "não", "sim", "não", "sim", "não", "sim", "não", "sim", "não"... "tá pai!"

Com as minhas filhas eu sinto esse papel ativo na construção de uma realidade. Não espero ou desejo que "o tempo mostre que eu estava certo".

Bom, ainda estou trabalhando nesse aspecto. Vigiando meu comportamento "passivo" e construindo atitudes mais "ativas" - na falta de termos mais adequados!

PRÓXIMOS PASSOS
Diferentemente das primeiras meditações, em que eu fui "jogado" a esse comportamento, nas meditações dos próximos aspectos, vou ser "ativo" e conduzi-las a aspectos objetivos.

O próximo aspecto da minha personalidade que quero trabalhar é meu "pavio curto", "mau humor"...


Até a próxima.

Paz a todos!

17 de março de 2016

FORÇA TAREFA EM PROL DA LUZ NO BRASIL - Mensagem de Ashtar Sheran


Mensagem de Ashtar Sheran
Através de Tania Resende

Recado Urgente aos dirigentes de grupos.

O Comandante pede que montem uma Força Tarefa em benefício da Luz em seu país, que vive um momento delicado na batalha entre as Forças da Luz e as forças contrárias.

Avise os dirigentes de grupos brasileiros, comprometidos com os propósitos da Confederação, que há a necessidade de acionarem os seus para uma União Amorosa entre todos, que farão por meio de orações, energizações, cânticos, vibrações mentais positivas e todos os recursos de cura e de elevação que já conhecem, cada qual no que sabe fazer, visando o fortalecimento das Ações da Luz e da Justiça Divina no Brasil.

Expandam a visão, livrem-­se de julgamentos pessoais. Retirem-­se da atitude de interpretação precipitada dos fatos. Propomos o desafio de transporem seus egos em prol do Bem Maior.

Devem saber que nos níveis interdimensionais há grupos não pertencentes à Confederação requisitando o comando do seu país. A Confederação está em Ação. Porém, necessitamos da colaboração dos que estão em Terra.

Olhem o seu país interdimensionalmente, sem distraírem-se com detalhes sem importância.

E, a fim de não deixarmos margens a interpretações errôneas, saibam que consideramos como detalhes sem importância todos os acontecimentos visíveis aos seus olhos e toda a discórdia gerada por diferenças de opiniões entre vocês.

Pensem que acontecimentos visíveis são apenas a ponta do iceberg e saibam que o fator gerador de tal caos está acontecendo em outros planos que não o plano físico. E é nesse plano não­ físico que pedimos a atuação de nossa Equipe em Terra.

Ao entrarem em Vigília Espiritual, vocês estarão a interferir positivamente nas origens do caos. Só há um meio disso ser feito: preenchendo os campos energéticos ao redor com vibrações mais elevadas em união de forças.

Porém, devem fazer isso isentos de conexão direta com o mal, a fim de não se contaminarem. Isentem-se de abrirem conexões diretas com forças contrárias. 

Simplesmente unam-se em Vigília, isentos de emoções, julgamentos ou preferências.

Isentem-se da ânsia de enfrentarem essas forças por si mesmos. Deixem essa parte conosco. Apenas criem uma força positiva e se elevem. E auxiliem na elevação de outros, tantos quanto puderem. Isso já será de grande ajuda.

O importante agora é que o foco seja na limpeza e eliminação das formas ­pensamentos negativas entre vocês, pois as mesmas estão servindo de abertura às entradas fora do Padrão Crístico.

O importante é unirem-­se para elevar ao máximo possível as vibrações do Brasil e de seu povo, a fim de que possam nos auxiliar no impedimento de tal domínio contrário à sua evolução.

A Força Tarefa que o Comandante lhes pede é a união entre vocês, sem discriminação, numa Vigília Espiritual constante, que pode e deve ser realizada por todos os segmentos, até que percebam o fim do caos. Dessa forma vocês irão gerar um quantum de Luz muito importante no Brasil.

Não é momento de se dividirem em facções políticas, econômicas e muito menos religiosas e/ou espirituais. Todo tipo de recurso vibracional positivo, desde que realizados com o Coração livre de tendências pessoais e com intenções elevadas, serão bem vindos.

Não é momento de atacarem-­se uns aos outros, pois essa ilusão de divisão é provocada por forças contrárias à Luz e, se acaso cedem a esses estímulos, estão respondendo ao jogo da discórdia, tão interessante aos que requisitam indevidamente o comando do seu país.

Devemos lhes avisar que, entre vocês, há os que estão aceitando o jogo da discórdia, fato este que o Comandante considera ser o mais grave entre todos. Ele pede que tenham discernimento e não entrem nesses jogos.

Devem saber que, na inconsciência, ao atacarem-se mutuamente estão servindo a grupos que não fazem parte da Confederação.

O Comandante não está admitindo que dirigentes de grupos e formadores de opiniões estejam a fazer o jogo da discórdia, incitando uns contra outros e esses estão sendo neutralizados, pois não foi esse o acordo que os mesmos fizeram com o Comandante – em níveis superiores – , para esse momento da Humanidade de Luz.

É momento de se unirem e de se ajudarem mutuamente, cada qual fortalecendo a ação positiva do outro.

O momento é de União, discernimento e retorno à tranquilidade interna.

E,  se lhe perguntarem porque o Nobre Ashtar Sheran se preocupa com o Brasil e sua política, já estamos a lhe ditar a resposta, poupando-­lhe esforços desnecessários:

A Confederação de Povos Intergalácticos, sob o Comando Supremo do Comandante Ashtar Sheran, está onde quer que hajam forças contrárias à Luz a impedir os processos de Ascensão da Terra e da Humanidade. 

Esse é o nosso objetivo. É para isso que nós existimos. E esse é o nosso acordo com o Comandante Supremo desse Universo Crístico, o qual nós habitamos. 

Nós estamos em todas as nações a fortalecer e a proteger aqueles que pediram pela Vitória da Luz por todos os cantos.


Somos gratos.
Em Nome da Confederação de Povos Intergalácticos.
Equipe Dourada na coordenação de Joahdi.

14 de março de 2016

A internet de Deus


Olá a todos!

Quero compartilhar mais um sonho intrigante que tive.

Sonhei que estava em um templo, juntamente com várias pessoas. E fui convidado, junto com outras 4 ou 5 pessoas para falar sobre "Deus".

Bom, não lembro do que as outas pessoas antes de mim falaram. Mas me lembro perfeitamente do que eu falei.


Vocês que me desculpem, mas não creio que Deus seja "uma" pessoa. Isto é, que seja uma partícula. Deus é uma espécie de "campo de força" (inclusive já falei aqui minha opinião sobre isso).

Deus é como se fosse uma internet.

A internet só existe porque os equipamentos estão conectados. Ou seja, são partes da mesma grande rede. E podemos acessar essa rede através das conexões WiFi ou através da conexão da própria operadora do celular [no sonho, usei a denominação WiFi, mas o correto seria "roteador", como forma de demonstrar sua maior capacidade de gerenciar as várias conexões, em comparação com as conexões móveis (3G, 4G...)]

Da mesma forma, creio que Deus seja um tipo de internet. E o que precisamos para nos conectarmos a Ele? Primeiro precisamos SER equipamentos compatíveis. Vejam que nem todos os equipamentos se conectam à internet. Da mesma forma que nem todos de nós nos conectamos a Deus.

Depois, do que mais precisamos? Precisamos da senha do WiFi. E qual a senha para se conectar com o WiFi de Deus? !
Nesse momento, citei "WiFi" como sendo as religiões, isto é, uma forma de que conecta mais equipamentos, isto é, uma forma que congrega mais pessoas.

Mas nós, da mesma forma que os smartphones fazem, podemos nos conectar individualmente e diretamente com a internet de Deus. Com a conexão única e individual que cada um tem (referência ao 3G/4G). Isto é, podemos nos conectar diretamente a Deus sem termos que passar pelo WiFi (religiões) [novamente, acho que o termo mais correto seria roteador]
Depois disso, despertei!

Mas achei bem intrigante esse sonho...

9 de março de 2016

A Grande Limpeza Interior

Olá a todos!

Estou atravessando um período delicado nos últimos dias: uma mistura de sentimentos, sensações, reações... Não sei bem como definir, mas estou angustiado.

Parece que nada dá certo na primeira tentativa. São coisas simples, mas que parecem virar um grande obstáculo. Porém, com persistência e desvios no plano original, consigo chegar ao objetivo desejado.

Mas fico com aquela sensação que nada está dando certo na primeira tentativa.

O probleminha mais recente foi meu computador que "deu pau". Há meses, fiz uma limpeza geral nele: desinstalei programas inúteis, deletei arquivos desnecessários, armazenei num HD externo coisas que não uso com frequência... O desempenho geral até melhorou.

Mas na última semana, ele "deu pau geral". Tive que tomar a difícil decisão de formatá-lo. Pra quem está familiarizado com isso, sabe que pode ser chato, demorado e trazer dores de cabeça futuramente, se não for bem planejado e bem executado.

O primeiro passo foi vasculhar o computador a fundo, em busca de arquivos úteis e necessários e copiá-los num lugar seguro pra ser usado depois ou arquivado num HD externo.

Depois, anotar todos os programas que deveriam ser reinstalados após a formatação.

O terceiro passo foi a formatação em si, quando o Disco Rígido foi apagado completamente. Limpo. Zerado. E instalado o Sistema Operacional novinho!

Depois, foi só instalar os programas, atualizações etc.

Pois bem, cheguei ao fim do trabalho e o computador está novo outra vez!

E o que isso tem a ver com o objetivo do Blog?
É que acho que eu estou precisando de uma formatação.

Até então, estava me concentrando em pequenos reparos na minha vida: melhoria de alimentação, mudança de paradigmas, abandono de vícios e hábitos mecânicos... Enfim.

Contudo, coisas do meu passado ainda me tiravam o sono, me faziam ter medo, me deixavam impaciente e me tiravam do caminho...

Resolvi que tenho que enfrentar isso tudo de frente. Vasculhar cada canto escondido das minhas memórias, cada ato do qual me envergonho e com cuja lembrança não quero viver.

Costumo dizer que não se pode apagar o passado, mas podemos mudar a forma como nos relacionamos com ele.

E é isso que vou fazer: praticar o que eu chamo de Meditação da Grande Limpeza Interior.

Meditação da Grande Limpeza Interior
Vou me concentrar em um aspecto de cada vez. E mudar a forma como me relaciono com essas memórias. Movê-las para um HD externo espiritual e invocar que os guias espirituais cuidem dessas memórias e apaguem quaisquer vestígios que estejam contaminando meu HD, digo, meu DNA.

Não vou mais me identificar com esses erros do passado e ficar me julgando e me condenando por isso e acabar ficando zangado, triste, deprimido, angustiado. Vou encarar isso como uma experiência de luz, um aprendizado e substituí-los por sentimentos de gratidão, felicidade, êxtase e êxito.

Dessa forma, pretendo mudar meu modo de pensar, minha motivação, eliminando essa carga com a qual convivo.

Ainda serão memórias, mas não estarão unicamente comigo. Farão parte do Akasha, onde os guias espirituais saberão o que fazer.

Aguardem os próximos relatos!

Paz a todos!