29 de julho de 2016

De braços abertos!


Olá a todos!

Primeiramente, peço desculpas por estar com o blog temporariamente desatualizado. Não pensem que nada está acontecendo. Pelo contrário. Tenho tido alguns sonhos intrigantes, revelações e mensagens.

No entanto, estou me dedicando a algumas tarefas terrestres e ando um pouco sem tempo de me dedicar ao blog. Embora nunca esteja sem tempo para me dedicar às coisas do espírito.

Pois bem. Encontrei um tempinho e decidi comentar sobre algumas sensações que tem tomado conta de mim, ultimamente.

Tenho me sentido muito bem. Muito feliz. A velha sensação de ansiedade, de impaciência pela demora está se transformando em alegria por um encontro no breve futuro.

Tenho sido invadido por uma onda de Amor. Aquele Amor sem julgamentos, sem parcialidade, sem polarização. Tenho sentido uma grande compaixão pela humanidade, pelos mais necessitados, pelos doentes, até mesmo pelos mais cruéis.

Tenho percebido que todos nós, seres humanos, precisamos ser alimentados pela energia do Amor. E tenho me proposto a isso.

E como tenho feito isso?

- Mentalizando.
- Olhando nos olhos dos que cruzam por mim.
- Transmitindo Amor desde um simples "Bom Dia!", até mesmo por um "Não, muito obrigado!".
- Tenho tentado levar conforto material ou palavras de incentivo e motivação aos que disso precisam.

Mas, principalmente, encontro-me de braços abertos para receber a energia de Amor e Luz que vem dos outros e de braços mais abertos ainda, para retransmiti-la.

Estou de braços abertos para receber a energia de Amor e Luz que vem dos irmãos do alto, e pronto para o reencontro.

Paz a todos!